• Notícia

A importância da reeducação alimentar

Apesar de parecer ser feita somente para pessoas que tem algum problema de saúde relacionado à má-alimentação, a Reeducação Alimentar é um processo de mudança da alimentação, mas também de comportamento. O melhor de tudo é que ela e serve para qualquer pessoa em qualquer faixa etária, até mesmo para aquelas que não sofrem nenhum tipo de doença, mas que desejam melhorar seus hábitos.

A reeducação alimentar promove uma vida mais saudável, mas mais do que isso, traz resultados imediatos que são visíveis na pele. Afinal, ao optar por refeições equilibradas no seu dia-a-dia, você sentirá os efeitos de retardo no envelhecimento da pele, cabelos mais sedosos e macios, mais energia para suportar a carga diária e mais disposição para praticar atividades de lazer e esporte.

Isso porque um grande benefício da reeducação alimentar é que ela muda os hábitos das pessoas, o que ajuda a emagrecer. Apesar de não ser uma dieta, a proposta da reeducação alimentar tende a colaborar para que você perca aqueles quilinhos indesejados.

Umas das vantagem é que você aprende a comer nos horários certos e em quantidade adequada para o seu biótipo.

Se você aliar a reeducação alimentar à atividade física, poderá alcançar uma qualidade de vida ainda maior e não apenas vai combater, mas também prevenir doenças como diabetes, colesterol alto e hipertensão.

Para iniciar uma Reeducação Alimentar você deve procurar um nutricionista, que avaliará seu peso, altura, seu diagnóstico de problemas de saúde hereditários ou não, intolerâncias alimentares, de outras doenças crônicas, associadas e seus hábitos do cotidiano de modo que possa lhe passar um cardápio que atenda as suas necessidades de alimentação diária, com os horários que acompanhem seu ritmo.


Nutrição e muito mais, você encontra na Clínica Nutriforma.





Fonte: Textual Conteúdo